Email:  
Senha:  
   
    Esqueci a senha!
    Cadastre-se
    :: home Terça-feira, 24 de Abril de 2018
  • Circular 286 - Novembro / 2011
    Veja na Circular 286 - Novembro / 2011, as seguintes matérias:      •    Haverá expediente normal na ASCON dia 02/11.     •   ...
    [leia mais]
  • Circular 324 + Janeiro 2015 +
    Veja nesta Circular as seguintes matérias: Malha Fina da DCFT - Fiscalização constante da RFB. Distribuição de Lucros. DEC - Consulta Semanal - Desenquadramento por...
    [leia mais]
  • Circular 332 - SETEMBRO / 2015
    Veja nesta Circular as seguintes matérias: EFD – ICMS/IPI - BLOCO K - Livro de Registro de Controle de Produção e do Es-toque. Trabalho Doméstico – NOVAS REGRAS...
    [leia mais]
  • Jucesp registra mais de 2,9 mil empresas em SJ Campos
      GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA   JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DE SÃO PAULO   AVISO DE PAUTA   Jucesp...
    [leia mais]
  • Circular 338 - Março 2016
    Veja nesta Circular as seguintes matérias: Contribuição Sindical dos Empregados; Declaração IRPF/2016 – 2º Aviso! DEFIS - Declaração de...
    [leia mais]
  • Acerto de contas com o leão do IR começa na sexta-feira
    Programa já pode ser baixado hoje, a partir das 8h; entrega vai até 30 de abrilImportação de dados sobre pagamentos e detalhamento de doações são as maiores...
    [leia mais]

ANTERIORES

DESTAQUES

Área ICMS e IPI

26.04.2012 07:43 - ICMS - Uniformizada a alíquota nas operações interestaduais com bens e mercadorias importados do exterior.

Resumo
O Senado Federal, por meio da Resolução SF nº 13/2012, fixou em 4% a alíquota do ICMS aplicável nas operações interestaduais com bens e mercadorias importados do exterior, com efeitos a partir de 1º.01.2013.

Essa alíquota será aplicada a bens e mercadorias que, após o seu desembaraço aduaneiro:

a) não tenham sido submetidos a processo de industrialização;
b) ainda que submetidos a qualquer processo de transformação, beneficiamento, montagem, acondicionamento, reacondicionamento, renovação ou recondicionamento, resultem em mercadorias ou bens com conteúdo de importação superior a 40%.

O conteúdo de importação é o percentual relativo ao quociente entre o valor da parcela importada do exterior e o valor total da operação de saída interestadual da mercadoria ou do bem.
As regras sobre o processo de industrialização e de conteúdo de importação não se aplicam:

a) a bens e mercadorias importados do exterior que não tenham similar nacional, a serem definidos em lista a ser editada pelo Conselho de Ministros da Câmara de Comércio Exterior (Camex);
b) aos bens produzidos em conformidade com os processos produtivos básicos de que tratam o Decreto-lei nº 288/1967 e as Leis nºs 8.248 e 8.387/1991, 10.176/2001 e 11.484/2007.

A Resolução em referência também não se aplica às operações que destinem gás natural importado do exterior a outros Estados.


(Resolução SF nº 13/2012 - DOU 1 de 26.04.2012)

Fonte: Editorial IOB

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


© 1989 - 2018 ASCON - Assessoria Contábil • Todos os direitos reservados • Política de Privacidade • Desenvolvido por: Gilvan TFS / Eric Costa