Email:  
Senha:  
   
    Esqueci a senha!
    Cadastre-se
    :: home Quarta-feira, 18 de Julho de 2018
  • Circular 355 - AGOSTO/17 está no ar!
    Veja nesta Circular as seguintes matérias: E-SOCIAL - Atualização cadastral; Desoneração da folha de pagamento; SIMPLES NACIONAL - Alerta para regularização...
    [leia mais]
  • Por que Registrar uma Marca?
    A marca é a identidade da sua empresa no mercado, sem o registro, você não possui direito algum sobre ela. A constituição da sua empresa é apenas...
    [leia mais]
  • Tributos e Contribuições Federais - Programa de Regularização
    05.01.2017 09:02 Tributos e Contribuições Federais - Governo federal institui Programa de Regularização Tributária   A Medida...
    [leia mais]
  • Circular Especial - Sistema Digital
    Circular Especial 017 Setembro/ 2009 - (Arquivo em PDF - 184 Kb) .. - Download
    [leia mais]
  • Circular 322 - Novembro/14
    Veja nesta Circular as seguintes matérias: Gratificação de Natal - 13º Salário. Multa por Retenção da CTPS. Ausências Justificadas do Empregado. Desoneração...
    [leia mais]
  • Proteja sua marca!
      A formação de uma identidade marcante é fundamental para o sucesso de uma empresa no mercado. E isto se conquista com muitos anos de trabalho e dedicação....
    [leia mais]

ANTERIORES

DESTAQUES

Área ICMS e IPI

26.04.2012 07:43 - ICMS - Uniformizada a alíquota nas operações interestaduais com bens e mercadorias importados do exterior.

Resumo
O Senado Federal, por meio da Resolução SF nº 13/2012, fixou em 4% a alíquota do ICMS aplicável nas operações interestaduais com bens e mercadorias importados do exterior, com efeitos a partir de 1º.01.2013.

Essa alíquota será aplicada a bens e mercadorias que, após o seu desembaraço aduaneiro:

a) não tenham sido submetidos a processo de industrialização;
b) ainda que submetidos a qualquer processo de transformação, beneficiamento, montagem, acondicionamento, reacondicionamento, renovação ou recondicionamento, resultem em mercadorias ou bens com conteúdo de importação superior a 40%.

O conteúdo de importação é o percentual relativo ao quociente entre o valor da parcela importada do exterior e o valor total da operação de saída interestadual da mercadoria ou do bem.
As regras sobre o processo de industrialização e de conteúdo de importação não se aplicam:

a) a bens e mercadorias importados do exterior que não tenham similar nacional, a serem definidos em lista a ser editada pelo Conselho de Ministros da Câmara de Comércio Exterior (Camex);
b) aos bens produzidos em conformidade com os processos produtivos básicos de que tratam o Decreto-lei nº 288/1967 e as Leis nºs 8.248 e 8.387/1991, 10.176/2001 e 11.484/2007.

A Resolução em referência também não se aplica às operações que destinem gás natural importado do exterior a outros Estados.


(Resolução SF nº 13/2012 - DOU 1 de 26.04.2012)

Fonte: Editorial IOB

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


© 1989 - 2018 ASCON - Assessoria Contábil • Todos os direitos reservados • Política de Privacidade • Desenvolvido por: Gilvan TFS / Eric Costa