Email:  
Senha:  
   
    Esqueci a senha!
    Cadastre-se
    :: home Terça-feira, 20 de Fevereiro de 2018
  • Livro de Controle de Produção deverá ser DIGITAL!
    A partir de janeiro de 2015, os estabelecimentos industriais e os atacadistas deverão informar seus estoques e produção por meio de arquivos digital ao Sped Fiscal.  Com...
    [leia mais]
  • Circular 332 - SETEMBRO / 2015
    Veja nesta Circular as seguintes matérias: EFD – ICMS/IPI - BLOCO K - Livro de Registro de Controle de Produção e do Es-toque. Trabalho Doméstico – NOVAS REGRAS...
    [leia mais]
  • Circular 263 e Especial 020 - Novembro / 2009
    Circular 263 e Especial 020  - Novembro / 2009 - (Arquivo em PDF - 379 Kb)  - Download
    [leia mais]
  • Receita espera recuperar R$ 600 milhões de empresas do Simples.
    BRASÍLIA - A Receita Federal identificou indícios de irregularidades de quase de R$ 6 bilhões em 29 mil declarações apresentadas pelas empresas optantes do Simples Nacional...
    [leia mais]
  • Empresas se capacitam para operar sistema digital da Receita
    A Escrituração Fiscal Digital (EFD) Pis/Cofins será detalhada por auditor da Receita Federal do Brasil para evitar envio incorreto de informações e possíveis multasValdívia...
    [leia mais]
  • Novo RG - Registro de Identidade Civil (RIC)
    Troca do RG pelo RIC começou no dia 17/01/2011. F oi instituído o novo documento de identidade para o território brasileiro, substituindo o antigo RG pelo novo cartão do Registro...
    [leia mais]

ANTERIORES

DESTAQUES

Secretaria da Micro e Pequena Empresa é aprovada na Câmara

 

A Câmara dos Deputados aprovou ontem, 7, o projeto de lei nº 865/2011 que cria a Secretaria Especial da Micro e Pequena Empresa, que terá status de ministério. A proposta, de autoria do Palácio do Planalto, recebeu 300 votos a favor e 45 contra e 1 abstenção. O texto segue agora para análise do Senado.

De acordo com projeto, o novo órgão irá coordenar as políticas e formular os programas para as micro e pequenas empresas. A secretaria terá o papel, entre outros, de auxiliar na formulação, coordenação e articulação de políticas e diretrizes para o apoio à empresa de pequeno porte e artesanato, ao cooperativismo e associativismo urbanos e ao fortalecimento, expansão e formalização das micro e pequenas empresas.

Serão transferidas do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior para a nova secretaria as competências referentes a microempresa, empresa de pequeno porte e artesanato. Do Ministério do Trabalho sairão para o novo órgão as competências referentes ao cooperativismo e associativismo urbanos.

Bandeira da Fenacon – nos últimos tempos essa foi uma das grandes defesas do Sistema Fenacon, por entender a grande importância do segmento para a economia do país. “Acredito que a criação dessa secretaria será essencial para termos políticas públicas voltadas especificamente para as micro e pequenas empresas. A nossa expectativa agora é que o texto seja aprovado o quanto antes no Senado Federal”, afirmou o presidente da Fenacon, Valdir Pietrobon.

 

Fonte: Fenacon Notícias - Ano III - 745, Brasília, 08 de novembro de 2012.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

© 1989 - 2018 ASCON - Assessoria Contábil • Todos os direitos reservados • Política de Privacidade • Desenvolvido por: Gilvan TFS / Eric Costa