Email:  
Senha:  
   
    Esqueci a senha!
    Cadastre-se
    :: home Terça-feira, 20 de Fevereiro de 2018
  • Aumento dos limites de enquadramento no regime tributário...
    Postado em 02/01/2017 - Fonte: DCI – SP – Adaptações ASCON Aumento dos limites de enquadramento no regime tributário entra em vigor em 2018 Aumento dos limites de...
    [leia mais]
  • Nova nota fiscal pode reduzir os impostos
      SÃO PAULO - Especialistas estimam que o maior impacto da mudança na nota fiscal, conforme Lei 12.741 de 2012, sancionada pela presidente Dilma Rousseff e publicada na edição...
    [leia mais]
  • Circular 330 - Julho-2015
    Veja nesta Circular as seguintes matérias: ECF / CF-E-SAT - Obrigatoriedade do SAT - início em 01/07/2015. Pesquisa Anual - IBGE - Preenchimento Obrigatório - SUJEITO A AUTUAÇÃO! Programa...
    [leia mais]
  • Circular 289 - Fevereiro / 2012
    Veja nesta Circular as seguintes matérias:      •     Salário mínimo nacional e tabela do INSS. - Novo aumento a partir de 1º de...
    [leia mais]
  • Circular 322 - Novembro/14
    Veja nesta Circular as seguintes matérias: Gratificação de Natal - 13º Salário. Multa por Retenção da CTPS. Ausências Justificadas do Empregado. Desoneração...
    [leia mais]
  • Dispensa de empregado 30 dias antes da data base...
    Dispensa de empregado 30 dias antes da data base para atualização salarial – Direito a Indenização Adicional O empregado dispensado sem justa causa no período...
    [leia mais]

ANTERIORES

DESTAQUES

Teto do lucro presumido será de R$ 72 milhões em 2014

Para a Sescon-SP, o congelamento do teto mais de dez anos foi prejudicando gradualmente o setor empresarial

SÃO PAULO - A partir do próximo ano, o teto de faturamento das empresas tributadas pelo Lucro Presumido aumentará, passando de R$ 48 milhões para R$ 72 milhões.

O aumento vale a partir de 1º de janeiro de 2014. A Medida Provisória 612/2013 foi publicada no DOU (Diário Oficial da União) no começo de abril.

O presidente do Sescon-SP, Sérgio Approbato Machado Júnior, comemorou a iniciativa. Ele explica que o congelamento do teto mais de dez anos foi prejudicando gradualmente o setor empresarial. "Na última década, as empresas acompanharam o crescimento da economia nacional. No entanto, a estagnação do limite ou as expulsaram do regime, aumentando sua carga tributária, ou inibiram medidas de estímulo ao seu crescimento."

Com a medida, ele acredita que haverá mais competitividade às empresas o que aquecerá a geração de empregos. Outro ponto positivo que ele destaca é o número de empresas que poderão ser inseridas no programa.

Teto do lucro presumido será de R$ 72 milhões em 2014

Medida deve aumentar a competitividade das empresas

Não é ideal
Apesar de considerar extremamente positivo o descongelamento do limite depois de tanto tempo, Approbato Machado Jr. lembra ainda que o valorem R$ 72 milhões ainda não é o ideal. "A correção do teto ainda é inferior ao índice inflacionário do período", argumenta o líder empresarial, citando como base os números do IPCA, que mostram aumento de mais de 60% nos últimos dez anos.

 

Fonte – Infomoney
Por Karla Santana Mamona

|12h59 | 11-04-2013

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

© 1989 - 2018 ASCON - Assessoria Contábil • Todos os direitos reservados • Política de Privacidade • Desenvolvido por: Gilvan TFS / Eric Costa