Email:  
Senha:  
   
    Esqueci a senha!
    Cadastre-se
    :: home Terça-feira, 20 de Fevereiro de 2018
  • Presidente Temer reduz as possibilidades de Empresas do Simples
      Presidente Temer reduz as possibilidades de Empresas do Simples Nacional regularizarem seus débitos. - PERT - SN O ano mal se inicia e o Presidente da República já...
    [leia mais]
  • Circular 264 - Dezembro /2009
    Veja nesta circular especial as seguintes matérias: Registro de Inventário - Um procedimento importante e obrigatório. Despesas de Final de ano - Aspectos contábeis. Brindes...
    [leia mais]
  • Circular 298 - Novembro / 2012
      Veja nesta Circular as seguintes matérias: Atendimento ao público na ASCON dia 10/11/2012. Fim de ano - cestas de natal, confraternizações, brindes e donativos....
    [leia mais]
  • Pague-Fácil - Contribuintes vão ao Paço no primeiro dia
    Começou nesta segunda-feira (3) e vai até 20 de dezembro o programa da Prefeitura de São José dos Campos que facilita o pagamento de dívidas de IPTU, ISS, ITBI, taxas,...
    [leia mais]
  • Câmara aprova mudanças na Lei Geral
    A Câmara dos Deputados aprovou na noite de ontem, 31, o Projeto de Lei Complementar nº 87/2011 (proposta enviada pela presidente Dilma e apensada ao PLP 591/2010), que faz ajustes na Lei Geral...
    [leia mais]
  • NOVA Tabela de IMPOSTO de RENDA na Fonte - 2011
    A Tabela Progressiva Mensal para o ano-calendário de 2011, sofreu alterações, conforme previsto na MP n. 528 DE 25/03/2011publicada no DOU de 28.03.2011. Assim, para os rendimentos...
    [leia mais]

ANTERIORES

DESTAQUES

Reabertura do Refis: o país inteiro ganhará com isso.

 

O Sistema Fenacon aguarda, do Governo Federal, a sanção da MP 627/2013. A matéria foi aprovada no último dia 15 e contempla a emenda de autoria do senador Paulo Bauer (PSDB/SC) que reabre o Refis da Crise (leis 11.941/09 e 12.249/10) para dívidas que venceram até 30 de junho de 2013. O parcelamento em andamento incorporou dívidas existentes até 2008.


Essa importante conquista aprovada pelo Congresso Nacional permitirá que as empresas quitem suas dívidas. Além disso, ela permite que o governo obtenha um aumento substancial na arrecadação de tributos, como ocorreu anteriormente, conforme matéria publicada no site da revista Veja, em 16/12/2013: O governo federal arrecadou 112,517 bilhões de reais em impostos e contribuições em novembro, informou a Receita Federal nesta segunda-feira (leia aqui).


“O valor é recorde para o mês e representa alta real de 27,08% em comparação ao mesmo período de 2012. A arrecadação também subiu em relação a outubro (10,81%). Foi o melhor resultado para meses de novembro e a terceira maior arrecadação mensal da história. A principal contribuição para o resultado foi o parcelamento de dívidas das empresas com a Receita Federal, o Refis da Crise, que rendeu 20 bilhões de reais aos cofres do Fisco”, afirma o texto publicado.


Ressaltamos que, por vários motivos, muitas empresas não aderiram ao Refis da Crise e, posteriormente, passaram a ter dificuldades financeiras. A reabertura dos prazos de adesão dá uma nova oportunidade para estas empresas por consideramos uma necessidade real de que seja novamente oportunizado o referido parcelamento, sobretudo diante do confuso sistema tributário existente e da pesada carga que ele impõe ao contribuinte.

Fonte: FENACON - Ano III - 957, Brasília, 28 de abril de 2014

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

© 1989 - 2018 ASCON - Assessoria Contábil • Todos os direitos reservados • Política de Privacidade • Desenvolvido por: Gilvan TFS / Eric Costa