Email:  
Senha:  
   
    Esqueci a senha!
    Cadastre-se
    :: home
  • Aumento dos limites de enquadramento no regime tributário...
    Postado em 02/01/2017 - Fonte: DCI – SP – Adaptações ASCON Aumento dos limites de enquadramento no regime tributário entra em vigor em 2018 Aumento dos limites de...
    [leia mais]
  • Circular 287 - Dezembro/2011
    Veja na Circular 287 - Dezembro / 2011, as seguintes matérias:      •    Simples Nacional - Regulamentação do Parcelamento de Débitos    ...
    [leia mais]
  • Circular 338 - Março 2016
    Veja nesta Circular as seguintes matérias: Contribuição Sindical dos Empregados; Declaração IRPF/2016 – 2º Aviso! DEFIS - Declaração de...
    [leia mais]
  • Circular 312 - Janeiro / 2014
    Veja nesta Circular as seguintes matérias: Simples Nacional - Desenquadramento por Inadimplência. Contribuição Sindical Patronal. Vencimento em Janeiro / 2014. DEC - Consulta...
    [leia mais]
  • Circular 343- Agosto / 2016
    Veja nesta Circular as seguintes matérias: ECF / CF-E-SAT - ATENÇÃO! Fique atento ao seu SAT; CEST – ICMS-ST - Convênio 92/2015  x  Convênio / Protocolo...
    [leia mais]
  • Jucesp registra mais de 2,9 mil empresas em SJ Campos
      GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA   JUNTA COMERCIAL DO ESTADO DE SÃO PAULO   AVISO DE PAUTA   Jucesp...
    [leia mais]

ANTERIORES

DESTAQUES

PEP DO ICMS - Reabertura do prazo para ingresso até 29/08/2014

Foi reaberto, por meio Decreto n.º 60.599 de 03/07/2014, publicado no Diário Oficial do Estado de São Paulo em 04/07/2014 o prazo para adesão do Programa Especial de Parcelamento (PEP) do ICMS até 29/08/2014.

O programa permite ao contribuinte pagar os débitos de ICMS, inscritos ou não na Dívida Ativa, com redução dos valores de juros e multas. O PEP também traz a vantagem do parcelamento, com prestações constantes, em até 120 vezes.

Podem ser inseridos no programa débitos decorrentes de fatos geradores ocorridos até 31 de dezembro de 2013.

É admitida a migração dos contribuintes que fizeram adesão ao Programa de Parcelamento Incentivado (PPI) de 2007, que estiverem com o acordo rompido até 31 de maio de 2012, assim como aos que aderiram ao PEP de 2012, que encontrem-se com o mesmo rompido, neste caso desde que esteja inscrito em Dívida Ativa.

Também é possível a inclusão de débitos do Simples Nacional relacionados à substituição tributária ou ao recolhimento antecipado (pagamento em parcela única) e ao diferencial de alíquota.

Os benefícios do PEP permitem aos contribuintes efetuarem o pagamento dos débitos com redução de 75% no valor das multas e de 60% nos juros incidentes, se a quitação ocorrer em parcela única. O programa prevê também pagamento do débito em até 120 parcelas, com valor mínimo de R$ 500,00 e com redução de 50% do valor das multas e 40% dos juros, sendo que na liquidação em:

  • até 24 (vinte e quatro) parcelas, incidirão acréscimos financeiros de 0,64% (sessenta e quatro centésimos por cento) ao mês;
  • de 25 (vinte e cinco) a 60 (sessenta) parcelas, incidirão acréscimos financeiros de 0,80% (oitenta centésimo por cento) ao mês;
  • de 61 (sessenta e uma) a 120 (cento e vinte) parcelas, incidirão acréscimos financeiros de 1% (um por cento) ao mês.
Esses acréscimos financeiros serão somados ao montante da dívida, no momento da consolidação do débito, de modo a se obter o valor da parcela mensal, a qual permanecerá constante da primeira até a última, desde que recolhidas nos respectivos vencimentos fixados no acordo de parcelamento.

O vencimento da primeira parcela ou da parcela única será:

  1. no dia 25 do mês corrente, para as adesões ocorridas entre os dias 1° e 15;
  2. no dia 10 do mês subsequente, para as adesões ocorridas entre os dias 16 e o último dia do mês.

Em caso de interesse de aderir ao PEP do ICMS, favor entrar em contato com o responsável pela sua empresa no Departamento Fiscal.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

© 1989 - 2018 ASCON - Assessoria Contábil • Todos os direitos reservados • Política de Privacidade • Desenvolvido por: Gilvan TFS / Eric Costa