Email:  
Senha:  
   
    Esqueci a senha!
    Cadastre-se
    :: home Terça-feira, 20 de Fevereiro de 2018
  • Presidente Temer reduz as possibilidades de Empresas do Simples
      Presidente Temer reduz as possibilidades de Empresas do Simples Nacional regularizarem seus débitos. - PERT - SN O ano mal se inicia e o Presidente da República já...
    [leia mais]
  • Circular 312 - Janeiro / 2014
    Veja nesta Circular as seguintes matérias: Simples Nacional - Desenquadramento por Inadimplência. Contribuição Sindical Patronal. Vencimento em Janeiro / 2014. DEC - Consulta...
    [leia mais]
  • DASN/Simei - Alterado o prazo para entrega da declaração
    O prazo para apresentação da Declaração Anual do Simples Nacional para o Microempreendedor Individual (DASN-Simei), que encerraria hoje, 28.02.2011, foi alterado para 31.05.2011.A...
    [leia mais]
  • Circular 320 - SETEMBRO / 2014
    Veja nesta Circular as seguintes matérias: MEI – Microempreendedor Individual. CAGED - Cadastro Geral de Empregados e Desempregados. E-SOCIAL - Atualização cadastral...
    [leia mais]
  • Reduzido o prazo para Cancelamento da NF-e para 24horas!
    Prazo para Cancelamento de NF-e passa a ser de 24 horas A partir de 02/01/2012 o prazo para cancelamento de NF-e passou a ser de no máximo 24 horas a contar da data e hora da autorização...
    [leia mais]
  • Circular 345 - OUTUBRO-16
    Veja nesta Circular as seguintes matérias: Exclusão de Ofício das Empresas - Simples Nacional por Inadimplência; Fim do aplicativo gratuito de Emissão de NF-e; EFD...
    [leia mais]

ANTERIORES

DESTAQUES

Contribuinte pode quitar Débitos Fiscais

Concilia SP abre oportunidade para contribuinte quitar ou parcelar débitos fiscais com descontos nos juros e multas

27 nov 2015 - ICMS, IPI, ISS e Outros

Os contribuintes paulistas com débitos em execução fiscal terão uma oportunidade de liquidar ou parcelar suas dívidas com descontos de multas e juros. No período de 1º a 10 de dezembro será realizado o Concilia SP, programa que estabelece condições especiais para conciliação entre contribuintes com ações judiciais referentes a débitos fiscais com o Governo Estadual e Prefeitura do Município de São Paulo.

Todos os contribuintes com débitos em execução podem se beneficiar das condições oferecidas pelo Concilia SP.  O Tribunal de Justiça tomará a iniciativa de enviar intimações para grandes devedores, que serão convocados a comparecer em audiências de conciliação judicial de débitos com a Procuradoria Geral do Estado (PGE) e a Procuradoria Geral do Município.

A Secretaria da Fazenda encaminhará notificações a cerca de 150 mil contribuintes com dívidas tributárias e não tributárias, convocando os devedores a se dirigir a uma de suas unidades de atendimento e regularizar seus débitos.  A Secretaria Municipal de Finanças e Desenvolvimento Econômico e a Procuradoria Geral do Município encaminharão 200 mil avisos aos contribuintes.

Serão montados 53 pontos de atendimento em todas as unidades da Secretaria da Fazenda no Estado que reunirão em um único local representantes do Poder Judiciário, da Secretaria de Fazenda e da PGE. Estes postos permanecerão abertos de 1º a 10 de dezembro, das 8 às 18 horas, inclusive no final de semana, para este esforço conjunto de conciliação para regularização de débitos. A Prefeitura de São Paulo realizará o atendimento dos contribuintes municipais em suas próprias dependências.

Durante os dez dias do Concilia SP, representantes do Tribunal de Justiça, da Secretaria da Fazenda estadual e da PGE estarão à disposição dos contribuintes interessados em liquidar ou dividir em prestações seus débitos estaduais, tributários e não tributários.

O Poder Judiciário fará análise e homologação dos acordos e promoverá a baixa imediata dos processos, nos casos de liquidação. As dívidas fiscais parceladas terão a ação judicial suspensa até o final do período de pagamento.

Para os contribuintes, o Concilia SP oferece condições especiais para que possa parcelar ou quitar débitos em execução judicial, estendendo-se também para os débitos não ajuizados, inclusive não inscritos na dívida ativa. O Poder Judiciário poderá reduzir o estoque de ações de execução fiscal a partir dos acordos firmados no programa, reduzindo o nível de litigiosidade. No caso das administrações estadual e municipal, a ação contribui para o gerenciamento dos débitos e reforço da arrecadação em um período de forte desaceleração econômica.

Secretaria da Fazenda – ICMS e IPVA

Para realizar o Concilia SP, a Secretaria da Fazenda estadual obteve autorização do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz) para reabrir por um mês o Programa Especial de Parcelamento (PEP) do ICMS que permite liquidar os débitos em parcela única com redução de 75% no valor das multas e 60% no valor dos juros incidentes sobre o imposto e multa.

O PEP do ICMS prevê também a opção de parcelamento em até 120 meses com redução de 50% no valor atualizado das multas e juros 40% menores. O PEP permanecerá aberto de 16 de novembro a 15 de dezembro de 2015 para atender às solicitações do Concilia SP. Para realizar a adesão ao programa, as empresas devem acessar o site www.pepdoicms.sp.gov.br e efetuar o login no sistema com a mesma senha de acesso utilizada no Posto Fiscal Eletrônico (PFE). Em seguida, basta selecionar os débitos que deseja incluir no PEP.

Projeto de Lei – PPD

Para os demais tributos e receitas estaduais, o Governo propôs à Assembleia Legislativa a renovação da lei do Programa de Parcelamento de Débitos (PPD) que prevê redução de juros e multas para dívidas do Imposto Sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA), Imposto sobre a Transmissão “Causa Mortis” e Doação de Quaisquer Bens e Direitos (ITCMD), taxas de qualquer espécie e origem, taxa judiciária, multas administrativas de natureza não-tributária, multas contratuais e multas penais.

As regras do PPD permitirão ao contribuinte recolher os débitos com redução de 75% no valor das multas e de 60% nos juros no caso de pagamento à vista. Se optar pelo parcelamento, os débitos tributários e não tributários podem ser pagos em até 24 parcelas. No pagamento parcelado, o PPD prevê redução de 50% nas multas e 40% nos juros de dívidas do IPVA, ITCMD e demais taxas e multas administrativas, contratuais e penais.

Os contribuintes poderão obter informações adicionais sobre o programa Concilia SP por meio do telefone 0800.170.110 (exclusivo para telefone fixo) ou pelo “Fale Conosco”, correio eletrônico disponível no endereço eletrônico www.fazenda.sp.gov.br.

Fonte: Secretaria da Fazenda do Estado de São Paulo - SEFAZ-SP

Publicação: LEGISWEB - http://www.legisweb.com.br/noticia/?id=15337

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

© 1989 - 2018 ASCON - Assessoria Contábil • Todos os direitos reservados • Política de Privacidade • Desenvolvido por: Gilvan TFS / Eric Costa