Email:  
Senha:  
   
    Esqueci a senha!
    Cadastre-se
    :: home Terça-feira, 17 de Julho de 2018
  • Circular 320 - SETEMBRO / 2014
    Veja nesta Circular as seguintes matérias: MEI – Microempreendedor Individual. CAGED - Cadastro Geral de Empregados e Desempregados. E-SOCIAL - Atualização cadastral...
    [leia mais]
  • Circular 280 e Circular Especial 002 - Abril / 2011
    Veja na Circular 280 as seguintes matérias: Declaração IRPF/2011 - Atenção - ÚLTIMA CHAMADA! Salário Mínimo Nacional - Novo aumento a partir...
    [leia mais]
  • Circular 316 - Maio/2014
    Veja nesta Circular as seguintes matérias: ISSQN devido para outros Municipios. Tabela Progressiva de IRPF. Atualização da CTPS - Carteira de Trabalho e Previdência Social....
    [leia mais]
  • Vitória! Brasileiro saberá a quanto paga de imposto.
    Obrigatoriedade de detalhar impostos na NF começa em Junho/2013 Ato "Não Veta Dilma", realizado na semana passada, com a participação do SESCON-SP...
    [leia mais]
  • Circular 299 - Dezembro / 2012
    Veja nesta Circular as seguintes matérias: Gratificação de Natal - 13º Salário – 2ª parcela. Férias Coletivas - Procedimentos Obrigatórios. Livro...
    [leia mais]
  • Circular 363 - abril / 2018 está no ar!
    Veja nesta Circular as seguintes matérias: Declaração IRPF/2018 – 3º Aviso! Importância da Contabilidade para sua empresa; Obrigatoriedade da divulgação...
    [leia mais]

ANTERIORES

DESTAQUES

4 lições de gestão para pequenos negócios em 2017


Por: MARIANA MISSIAGGIA
Adaptações: JOSÉ DIMAS RORIGUES SANTOS - ASCON ASsessoria Contábil - SJCAMPOS

A sensação de sobrevivência sentida durante todo o ano de 2016 deve se repetir em 2017. Especialistas indicam maneiras de garantir a continuidade dos negócios

O desarranjo econômico do qual o Brasil tem sido vítima nos últimos dois anos obriga os empresários a pensar de forma constante como reorganizar seus negócios para não perder clientes e vendas durante a crise.

No caso das pequenas e médias empresas, as limitações são ainda maiores e o poder de barganha, bem menor.

Além disso, o empreendedor é uma espécie de faz-tudo dentro de sua empresa, e ao assumir múltiplas funções não consegue reproduzir os modelos de gestão aplicados em empresas de maior porte.

Por outro lado, elas são mais flexíveis e adaptam-se com mais facilidade que as grandes empresas a novas propostas, justamente, por envolver um número menor de pessoas e processos.

Pelas previsões de economistas, a sensação de sobrevivência sentida durante todo o ano de 2016 deve se repetir em 2017.

Por isso, é hora de olhar para frente e entender quais serão as oportunidades e como se preparar para embarcar numa possível recuperação econômica.

Clique aqui e veja a matéria na íntegra.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

© 1989 - 2018 ASCON - Assessoria Contábil • Todos os direitos reservados • Política de Privacidade • Desenvolvido por: Gilvan TFS / Eric Costa