Email:  
Senha:  
   
    Esqueci a senha!
    Cadastre-se
    :: home Terça-feira, 17 de Julho de 2018
  • Circular 289 - Fevereiro / 2012
    Veja nesta Circular as seguintes matérias:      •     Salário mínimo nacional e tabela do INSS. - Novo aumento a partir de 1º de...
    [leia mais]
  • Salário Mínimo - Novos Valores 2014
    O Decreto nº 8.166, de 23/12/2013 (DOU de 24/12/2013), que regulamentou a Lei nº 12.382/11 (DOU de 28/02/2011), fixou a partir de 01/01/2014 o salário-mínimo em R$ 724,00. Assim,...
    [leia mais]
  • Circular 269 - Maio / 2010
    Veja nesta circular as seguintes matérias: Obrigação de quadro de horário e controle de ponto Apontamento dos cartões – manuais ou mecânicos Nota...
    [leia mais]
  • DIFERENCIAL DE ALÍQUOTA NAS TRANSAÇÕES INTERESTADUAIS..
    DIFERENCIAL DE ALÍQUOTA NAS TRANSAÇÕES INTERESTADUAIS COM CONSUMIDOR FINAL OU NÃO CONTRIBUINTES DIFAL - ICMS STF suspende o diferencial de alíquotas do Simples...
    [leia mais]
  • Circular 331 - AGOSTO - 2015
    Veja nesta Circular as seguintes matérias: Destaque de Tributos na Nota Fiscal. Sujeito a penalidades a partir de 01/01/2015. Comprovação de Renda. Emissão de DECORE. Fiscalização...
    [leia mais]
  • Circular 276 - Dezembro / 2010
      Veja nesta circular as seguintes matérias: Calendário de Vencimentos para Competência Novembro/2010 Sites para obtenção de Certidões Negativa de Débitos...
    [leia mais]

ANTERIORES

DESTAQUES

IRPF 2010 - Alterações Implementadas - Fique atento!

Informação

Alterações implementadas em 2010

Obrigatoriedade na declaração

Não será mais obrigatório ao contribuinte sócio de empresa apresentar declaração de Imposto de Renda, desde que não se enquadre em outro parâmetro de obrigatoriedade.

Fica obrigado a apresentar a declaração quem tem bens com valor acima de R$ 300.000,00 (até o ano passado, a entrega era obrigatória para contribuinte que tivesse bens em valores acima de R$ 80.000,00).

O limite de isenção é R$ 17.215,08. A pessoa física, residente no Brasil, que recebeu rendimentos tributáveis na declaração, cuja soma foi superior tal limite, se encontra obrigada à apresentação.

Pagamentos

 O programa exigirá, antes da informação dos dados do pagamento, que se informe o destinatário da despesa. Ou seja, o declarante deverá informar se a despesa foi realizada com ele ou com seu dependente ou alimentando, antes de informar o pagamento.

Deduções

O limite de dedução por dependente será de R$ 1.730,40.

O limite de dedução de despesas com educação passa para R$ 2.708,94.

Na forma de tributação utilizando o desconto de 20% do valor dos rendimentos tributáveis na declaração (desconto simplificado), a dedução está limitada a R$ 12.743,63.

Alimentandos

Foi implementada ficha específica para a informação dos alimentandos, com preenchimento prévio obrigatório para posterior vinculação na ficha “Pagamentos e Doações Efetuados”.

Rendimentos com exigibilidade suspensa

Implementação de ficha específica, para informação de rendimentos recebidos nessa qualidade. As informações preenchidas nessa ficha não são levadas em consideração na apuração do imposto.

Carnê-Leão

Possibilidade de importar o demonstrativo do Carnê-Leão também para os dependentes.

© 1989 - 2018 ASCON - Assessoria Contábil • Todos os direitos reservados • Política de Privacidade • Desenvolvido por: Gilvan TFS / Eric Costa