Email:  
Senha:  
   
    Esqueci a senha!
    Cadastre-se
    :: home
  • DIFERENCIAL DE ALÍQUOTA NAS TRANSAÇÕES INTERESTADUAIS..
    DIFERENCIAL DE ALÍQUOTA NAS TRANSAÇÕES INTERESTADUAIS COM CONSUMIDOR FINAL OU NÃO CONTRIBUINTES DIFAL - ICMS STF suspende o diferencial de alíquotas do Simples...
    [leia mais]
  • Os perigos ocultos do Wi-Fi público
    Dicas para manter sua segurança ao usar pontos de acesso à Internet Com os pontos de acesso de Wi-Fi público em toda parte, como bares, hotéis e aeroportos, você...
    [leia mais]
  • Circular 355 - AGOSTO/17 está no ar!
    Veja nesta Circular as seguintes matérias: E-SOCIAL - Atualização cadastral; Desoneração da folha de pagamento; SIMPLES NACIONAL - Alerta para regularização...
    [leia mais]
  • DESTDA - DECLARAÇÃO DE SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA
    DESTDA - DECLARAÇÃO DE SUBSTITUIÇÃO TRIBUTÁRIA, DIFERENCIAL DE ALÍQUOTA E ANTECIPAÇÃO A DESTDA foi instituída pelo Ajuste Sinief...
    [leia mais]
  • Área Trabalhista e Previdenciária
    06.05.2011 09:06 - Previdenciária - Reduzida para 5% a alíquota de contribuição previdenciária do microempreendedor a contar da competência maio/2011ResumoA Resolução...
    [leia mais]
  • Circular 310 - NOVEMBRO 2013
    Veja nesta Circular as seguintes matérias: Refis da Crise (Parcelamento Lei n.º 11.941/2009) - Reabertura do prazo para ingresso até 31/12/2013. Pagamentos de DARF’S - Atenção...
    [leia mais]

ANTERIORES

DESTAQUES

Dispensa da DIRF - Empreendedor Individual

Atendendo uma das solicitações realizadas pela Fenacon, dia 22/02/2001, durante reunião  no Ministério da Previdência Social, a Receita Federal publicou  a Instrução Normativa nº 1132 que dispensa  apresentação da  Declaração do Imposto Retido na Fonte - Dirf por parte do Empreendedor Individual, quando o único fator de obrigação seja o pagamento de comissões a administradoras  de cartão de crédito.

 Leia o texto da Instrução Normativa:

 Art. 1º O art. 14 da Instrução Normativa nº 1.033 de 14 de maio de 2010 passa a vigorar com a seguinte redação:

 “Art. 14... Parágrafo Único. O Micro Empreendedor de que trata a Lei Complementar nº 123, de dezembro de 2006, que tenha efetuado pagamentos sujeitos ao IRRF exclusivamente em decorrência do disposto na alínea “f” do inciso I do caput ficará dispensado de apresentar a Dirf , desde que sua receita bruta anual não tenha excedido o limite previsto no art. 18Ada Lei Complementar nº 123 de 2006”. (NR)

 Art. 2º  Esta Instrução Normativa entra em vigor na data de sua publicação

Fonte: Fenacon Notícias/ Sistema SESCAP / SESCON

© 1989 - 2018 ASCON - Assessoria Contábil • Todos os direitos reservados • Política de Privacidade • Desenvolvido por: Gilvan TFS / Eric Costa